Estatuto da Criança e do Adolescente

Trancar a juventude fere a lei, é cruel e ineficiente

Proposta de aumentar o tempo de internação de jovens infratores, em debate no Congresso Nacional, segue o raciocínio de um punitivismo inócuo e mata qualquer possibilidade de inserção do adolescente na sociedade

Verena Glass


OS ASSASSINATOS CONTINUAM

O país mais perigoso

Em 2016, um espantoso número de 49 pessoas foram assassinadas por protegerem suas terras. As raízes do conflito encontram-se na história do colonialismo e da escravidão no Brasil, e o fato de o governo nunca ter resolvido os problemas estruturais do setor agrário

Comissão Pastoral da Terra


Silvia Federici no Museu da Maré

Pesquisadora participa de atividade com movimentos de mulheres da região

Uma das mais importantes teóricas do feminismo e do capitalismo, no Brasil para o lançamento de seu livro Calibã e a bruxa, participa de diálogo com objetivo de aprofundar a troca de experiências com lideranças de coletivos femininos que atuam na linha de frente nas comunidades cariocas

Fundação Rosa Luxemburgo
 

Silvia Federici em São Paulo

Lançamento de “Calibã e a bruxa” no Brasil

Autora argumenta que o assassinato de centenas de milhares de bruxas foi, juntamente com a submissão dos povos africanos e americanos, um aspecto fundacional do sistema capitalista, uma vez que designou às mulheres o papel de “produtoras de mão de obra”

Fundação Rosa Luxemburgo


Silvia Federici na Cidade Tiradentes

Diálogo e construção de conhecimento com coletivos periféricos em SP

Encerrando sua visita ao Brasil, a feminista e historiadora italiana participa, em 22 de julho, de uma Roda de Diálogo e de intervenções artísticas com coletivos políticos e de mulheres no extremo leste da cidade de São Paulo.

Fundação Rosa Luxemburgo


Quando as aparências enganam

Florestas, mudança climática, mercados de carbono e o REDD+

O WRM produziu uma série de sete pôsteres e livreto para ajudar a explicar porque o REDD+ não tem realmente relação com as florestas, e sim com países industrializados e grandes empresas que postergam o fim do uso de petróleo e carvão

Movimento Mundial das Florestas
 

“Por direitos e democracia, a luta é todo dia”

Pastorais do campo apoiam mobilizações contra agressões do golpe

Documento assinado por pastorais sociais do campo defende a luta por “direitos e democracia” e apoia a greve geral. Se colocando contra as Reformas Trabalhista e Previdenciária e pela realização de eleições diretas no Brasil.

Cáritas, CPP, Cimi, SPM e CPT