Edital de contratação



Buscamos pesquisador/a sobre projetos alternativos de energia

Abrimos seleção para contratação, em regime de prestação de serviços, de pesquisador/a para realizar mapeamento e relatórios sobre experiências de produção e uso de energia que apontem para transições socioecológicas e que possam contribuir com o debate global sobre alternativas

Por Fundação Rosa Luxemburgo

Introdução
O debate mundial sobre o uso das diversas matrizes energéticas e sua relação com mudanças na temperatura do planeta tem se fortalecido nas últimas décadas. Foco central das críticas, a queima de combustíveis fosseis é apontada, pelo alto potencial de emissão de gases de efeito estufa, como um dos principais vetores do aquecimento global. Mas outras fontes, inclusive as renováveis como hidroelétricas e eólica, têm sofrido críticas em função do modelo adotado na implementação e uso, notadamente impactante sobre populações tradicionais e o meio ambiente na América Latina. Neste sentido, não se pode automaticamente chamar de “limpas” energias renováveis que levam a desmatamentos, expulsão de comunidades, conflitos territoriais, monocultivos e uso inadequado do solo, produção massiva de resíduos, entre outros. Ainda, para além do debate climático, fontes energéticas economicamente inacessíveis à toda a população ou que violem direitos humanos ou trabalhistas de qualquer tipo podem ser igualmente nocivas ao planeta.

Para a Fundação Rosa Luxemburgo (FRL), as discussões relativas ao clima global não podem ser dissociadas de uma análise profunda, numa perspectiva política de esquerda, do modelo de desenvolvimento vigente e dos impactos – positivos e negativos – das várias matrizes e projetos energéticos sobre o meio e a população; bem como sobre os Direitos Humanos Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais.

Edital
Como parte de um projeto latino-americano de mapeamento de alternativas energéticas, a Fundação Rosa Luxemburgo no Brasil busca um/a pesquisador/a para fazer um levantamento de experiências positivas de uso alternativo de energia desenvolvidas em e/ou por comunidades em todo o país. A FRL está particularmente interessada em práticas anticapitalistas/ progressistas que apontem para transições socioecológicas e que possam contribuir com o debate global sobre alternativas.

Descrição da atividade

O que é: Pesquisa sobre projetos e experiências de energias alternativas no Brasil

Metodologia: a pesquisa terá duas etapas:

– A primeira etapa consiste em um levantamento (virtual) de experiências em todas as regiões do país, que serão tabeladas conforme matriz, características principais, região, proponente e executor, efeito e sustentabilidade (energética, econômica, cultural etc).

– A segunda etapa consiste na escolha, pela equipe da FRL, de quatro experiências. Estas serão visitadas a campo e será produzindo um relatório detalhado sobre cada uma delas

Agenda do trabalho:

– Mapeamento e tabulação de experiências: julho e agosto de 2018

– Avaliação e escolha de quatro experiências pela FRL: setembro de 2018

– Trabalho de campo/pesquisa local nas quatro experiências: outubro e novembro de 2018

– Entrega dos primeiros dois relatórios: dezembro de 2018

– Entrega dos segundos dois relatórios: fevereiro de 2019

Perfil d@ profissional

– Formação superior em comunicação social, ciências sociais ou engenharia elétrica

– Conhecimento e familiaridade com o debate energético, socioambiental, de justiça climática e ambiental e democracia participativa

– Experiência em pesquisas quantitativas e qualitativas

– Experiência em pesquisa de campo

– Experiência em produção de estudos e relatórios

–  Boa capacidade de comunicação e interação com a comunidade científica e acadêmica e com comunidades tradicionais

– Excelente escrita

– Conhecimento de Word e Excel

– Disposição e capacidade de trabalho em equipe

– Alto grau de responsabilidade

– Disponibilidade de viagens

– Conhecimentos de inglês e espanhol são desejáveis

Seleção

Oferecemos um contrato de prestação de serviço entre os meses de julho de 2018 e fevereiro de 2019 de tempo parcial e maleável. A remuneração, efetuada mediante apresentação de nota fiscal, será compatível com o trabalho.

Os interessados que preenchem o perfil requerido devem enviar até o dia 04 de junho de 2018, sob o título “Mapeamento de alternativas energéticas”, as seguintes informações para o e-mail verena.glass@rosalux.org

  • currículo atualizado (com três referências profissionais) e
  • breve carta de apresentação que destaca a experiência necessária (até 6000 caracteres com espaço)

As entrevistas presenciais ou virtuais d@s selecionad@s acontecerão na semana de 11 à 15 de junho.