COM ALBERTO ACOSTA, SP 29/10

Visitas guiadas: O Bem Viver na 32ª Bienal de São Paulo

FacebookTwitterTelegramPrint

fahlstromA Fundação Luxemburgo promove, no dia 29 de outubro, a Visita Guiada “O Bem Viver e a 32ª Bienal de São Paulo – Incerteza Viva”. A entrada é livre e a atividade será realizada em dois horários: 17h30 e 20h. No intervalo entre as duas visitas, haverá um bate papo com o economista equatoriano Alberto Acosta

O roteiro, com diversas obras, pretende mostrar as conexões entre alguns dos temas trabalhados pelo escritório regional da Fundação Rosa Luxemburgo e algumas obras de arte expostas na 32ª Bienal de São Paulo – Incerteza Viva. Daremos um mergulho filosófico no Bem Viver através da arte, a partir de obras como as do sueco paulistano Öyvind Fahlström ou da portuguesa Lourdes Castro, que já trabalham com o tema desde os anos 1970.  “Exigimos que a arte se torne uma força transformadora da vida. Procuramos abolir a separação entre poesia e comunicação de massas, retomar o poder da mídia dos comerciantes e devolvê-lo aos poetas e sábios”, destaca um trecho do Manifesto Pós-futurista.

“O Bem Viver”, segundo Alberto Acosta, autor do livro que leva o mesmo nome, é uma proposta política filosófica que “recorre às experiências e visões de povos que, dentro e fora do mundo andino e amazônico, empenharam-se em viver em harmonia com a natureza, e que são donos de uma história longa e profunda, ainda bastante desconhecida, e inclusive, marginalizada”. Essa proposta política filosófica faz um contraponto aos fluxos extrativistas e desenvolvimentistas presentes, tanto no capitalismo, quanto no socialismo, e, por meio da democracia, contempla radicais mudanças no mundo, através de outras formas de organização, pautadas nos Direitos Humanos e nos Direitos da Natureza.

Também veremos exemplos de Mal-Desenvolvimento, através das obras da colombiana Carolina Caycedo, e conheceremos propostas para pensar como descolonizar o imaginário.

Incerteza Viva é o tema da 32ª Bienal de São Paulo. Segundo o curador, Jochen Volz, “cientistas de todas as disciplinas clamam por ação imediata e pedem que a consciência coletiva se eleve em todo o planeta para enfrentar os desafios com que as sociedades se deparam nesse momento. … Talvez seja necessário desvincular a incerteza do medo”. É para fomentar as possibilidades, ideias e ações criativas, que convidamos à todxs  para um encontro com a potência criativa da arte a partir da lente do Bem Viver.

bem-viverParticipem conosco!

Cada visita terá o número limite de 25 pessoas.

Para que a atividade seja melhor organizada, é necessária inscrição prévia.

Clique aqui para realizá-la.

Mediadora FRL: Jonaya de Castro

 

SERVIÇO

O Bem Viver e a 32ª Bienal de SP – Visitas Guiadas e Bate Papo com Alberto Acosta

Data: 26 de outubro de 2016
Local: Pavilhão da Bienal – Avenida Pedro Álvares Cabral, s.n., Parque do Ibirapuera, Portão 3
Horários:
das 17h30 às 19h – Primeira visita – ponto de encontro na instalação de Frans Krajcberg (piso térreo próximo à Oca)
das 19h às 20h – Bate Papo com Alberto Acosta – Ateliê Cozinha – 1º andar
das 20h às 21h30 – Segunda visita – ponto de encontro Ateliê Cozinha – 1º andar