EVENTO EM SP



Lançamento de livro expõe a gravidade do feminicídio no Brasil

Livro_Feminicidio_capa (2)
Feminicídio. Nomear o problema é uma forma de visibilizar um cenário grave: o Brasil convive com violências cotidianas contra as mulheres, o que resulta em uma das maiores taxas de assassinatos femininos no mundo. Além de nomear, a definição do problema mostra também que é preciso conhecer melhor sua dimensão e contexto, bem como desnaturalizar concepções e práticas que colaboram para a perpetuação da violência contra as mulheres até o desfecho fatal.

Com o objetivo de dar voz à este cenário, o Instituto Patrícia Galvão e a Fundação Rosa Luxemburgo promovem, em 30 de março, o lançamento do livro Feminicídio #InvisibilidadeMata, acompanhado de um debate entre ativistas, especialistas e familiares. O evento se encerrará com uma intervenção das mulheres do Ilú Obá De Min – Educação, Cultura e Arte Negra, em homenagem à vida das mulheres.

A publicação sintetiza as principais contribuições e reflexões reunidas no Dossiê Feminicídio – uma plataforma online que reúne vozes de diversas fontes: especialistas, feministas, antirracistas, ativistas que defendem direitos de mulheres lésbicas, bi, travestis e transexuais, além de pesquisas, dados e documentos.

O público também encontra no livro um registro da memória de alguns casos de feminicídio que aconteceram no Brasil, Uma forma simbólica de homenagear estas mulheres e também as milhares de vítimas que têm suas identidades diluídas em estatísticas alarmantes. Amanda, Claudia, Eloá, Gerciane, Isamara, Laura, Luana. Pessoas cujas vidas foram interrompidas e que deixaram luto, dor e saudade.

Serviço

Data: 30 de março (quinta-feira) – a partir das 19h
Local: Auditório da Ação Educativa – Rua General Jardim, 660/Centro – São Paulo (SP)
Realização: Instituto Patrícia Galvão e Fundação Rosa Luxemburgo
Parceria: Ação Educativa e Ilú Obá De Min – Educação, Cultura e Arte Negra
Serão distribuídos 200 exemplares da publicação gratuitamente no lançamento